terça-feira

Tiozinho galinha.

Ola Fred!!! li o seu blog e adorei as dicas e gostaria de contar o meu caso quem sabe vc possa me ajudar! Tenho 20 anos e conheci um homem de 39 anos e temos um caso (só que ele é casado). Já faz dois meses que estou nesta situação e estou gostando, ele me trata bem, de ambas as partes não tem cobranças. Mas de um tempo para cá eu percebi que às vezes ele tem umas atitudes que me deixa incomodada! Quando estou com ele e ele vê uma menina bonita ou uma conhecida esquece que estou ali e mexe com a menina na minha frente. Não sei se devo ou tenho direito de cobrar alguma coisa dele? Às vezes acho que ele faz isto para me testar mais eu sempre fico na minha. Outro dia disse a ele que eu estava pensando em voltar a sair com o meu ex. que voltou a me ligar e perguntei o que achava. Ele falou que não era para eu voltar senão eu ficaria sem vê-lo; será que sentiu ciúmes e não quer demonstrar? Uma amiga dele falou que ele se morde de raiva quando não dá para sair comigo, mas na minha frente ele se mostrar indiferente por quê? Obrigado pela ajuda! Beijos! Adoro sua coluna.

Já começou tudo errado!!! Não tem cobrança... rs é claro que não tem!!! Você só está nessa situação há dois meses, a única coisa bacana nesse cara é que graças a sua boa estrela, ele já mostrou em tão pouco tempo o seu lado possessivo, galinha e desprezível, ele não te respeita e a ignora paquerando outras; e você ainda acredita que é um teste... rs Porque você quer metade de um homem? Você não se acha boa o suficiente para ter um homem só seu? O meu conselho nesse caso é: se estiver querendo algo sério melhor chamar um táxi e ir embora, mas se for só uma curtição enquanto não encontra o seu homem, aí tudo bem, apesar de não achar correto com a terceira pessoa que está envolvida, que por acaso você esqueceu-se de mencionar que é a esposa; quero apenas que reflita!!! Se fosse você a terceira pessoa essa situação a agradaria?

segunda-feira

Não fique obcecada por um telefonema.

Oi Fred!!! Já recorri aos seus serviços... Quando estava para me separar... Bom, me separei. Estou bem e me sentindo pronta para outra... Ou melhor, outro... rs Quarta sai para jantar com um “paquerinha”. Ele que insistiu no jantar. Foi me pegar em casa, abriu a porta do carro, escolheu o vinho, pagou o jantar, tudo nos conformes. O jantar durou 5 horas, conversamos muito e foi muito agradável. Na hora de me deixar em casa, apenas beijinho no rosto. Hoje é sexta e ele não deu mais sinal de vida. Não sei como são as coisas hoje, depois de tanto tempo casada... Tenho que esperar ele me procurar? Ou posso mandar uma mensagem do nada? Sei que posso, mas a pergunta é se devo? Fico o tempo todo me cutucando me dizendo que se ele quiser sair comigo novamente ele vai me procurar e que eu devo ficar na minha... O que você acha? Valeu!

Você está certa!!! Deixe ele te procurar, não fique ansiosa, não se desespere, ele tem mais ou menos cinco dias para fazê-lo, senão esqueça-o e comece a procurar outra paquera. Apesar de achar estranha a atitude dele de não ter tentado agarrá-la; pode ser que ele queira algo mais sério e por isso está indo com calma, ou é apenas amizade; se for a segunda opção é porque algo nesse percurso não o agradou e ele resolveu desistir, tente descobrir por outra pessoa o que aconteceu, porque às vezes sem você perceber pode ter feito algo de errado e sabendo disso poderá se policiar para um próximo encontro (seja com ele ou com outro).

A ema pode ser uma princesa.

Percebi que, no final das contas, você quase sempre responde à mesma dúvida O que fazer com um cara que dá mole, mas não está verdadeiramente a fim (e não consigo perceber isso)? Essa “pamonhice” de ficar insistindo no que não dá certo, sonhando com um príncipe que é um verdadeiro sapo, é exclusividade feminina ou vocês homens também dão uma “mongada” de vez em quando?

Os “carinhas” que dão muito mole podem estar com a intenção de apenas jantá-la, o melhor jeito de saber se o rapaz está afim de algo mais sério e deixar a periquita guardada pelo maior tempo possível, eles não agüentam esperar muito tempo para uma transa, com isso você se livra dos espertinhos e apressadinhos, hoje está fácil dar "umazinha" até os bordéis estão em crise...rs O homem que está com boas intenções não vai querer ir com pressa à sobremesa porque quer vê-la novamente. Outra dica: tente ser racional e não sentimental, veja os sinais que ele está lhe enviando. Lembre-se de que adianta preservar a gorducha e deixar o homem na expectativa se você for ruim de cama, aí nem pai de santo pode salvá-la. Respondendo a sua outra dúvida: Sim, o homem também às vezes acredita que a ema pode ser uma princesa... rs

sexta-feira

Gosto de um baladeiro vagabundo.

Oi Fred!!! Adoro suas dicas e resolvi contar minha historia, porque preciso da sua ajuda. Namorei por quatro anos e digo isso porque terminei há 3 meses por desconfiança; ele sai com os amigos para balada sem me avisar, eu já sabia disso, mas nunca tomava a decisão por amá-lo. Agora dei um basta!!! Falo com ele todos os dias, eu não consigo esquecê-lo, mas estou tentando seguir em frente, até já fiquei com outros caras. Todos dizem que preciso acreditar no amor que ele sente por mim, que nós fomos feito um para o outro. Como saber se ele vai me trair (todos dizem que ele não me traiu)? Eu sou a pessoa mais insegura, é serio!!! Eu não sei mais o que fazer!!! Gosto dele, mas a desconfiança faz com que eu não acredite nas coisas que ele me fala. Eu só tenho 18 anos ele tem 20 e é filhinho de papai; não estuda e nem trabalha, eu faço faculdade tenho quase minha vida pronta e ele só quer saber de baladas. Já o aturei bêbado em todos os bares da cidade. Todos perguntam: Como eu agüento essa situação; acho que o amor superou até o limite. No Orkut dele só tem mulheres, morro de ciúmes. O que eu faço?  Eu devo realmente investir nesse relacionamento ou devo viver minha vida e tentar esquecê-lo; já que ele só quer farra? Beijinhos
Vocês estão em direções opostas, você está amadurecendo e o rapaz está na gandaia; não acredito que dê certo se ele não acompanhar as suas conquistas e o seu crescimento; do jeito que está não vejo um futuro para o casal. A insegurança que sente é por culpa das atitudes dele, pois o mesmo não lhe dá um suporte de fidelidade, sinceridade, respeito, confiança e muito menos uma certeza de que terão um futuro promissor juntos, porque como você disse; ele só quer saber de sair, beber e badalar,  essa situação está acabando com a sua auto-estima, você precisa reagir rápido, confiar mais no seu taco e dar um ultimato nessa relação, a melhor maneira de resolver é conversar, expor o que sente, pois sei que você não quer jogar pelo ralo quatro anos de relacionamento, mas não insista, deixe-o tomar as atitudes daqui para frente, se não der certo, parta para outro e lembre-se!!! Existe muito amor para você nessa vida.

Namoro ou amizade.

Olá Fred!!! Há um ano fiz amizade com um rapaz. No começo não dava muita atenção, pois, estava apaixonada por outro, mas acabei me decepcionando e passei a enxergá-lo com outros olhos. Falávamos quase todos os dias, sobre diversos assuntos, ele é muito educado, atencioso e me trata muito bem. Em alguns momentos, sinto até que rola um clima, mas ele não diz nada e não consigo saber se ele tem algum interesse além da amizade. Nossa relação oscila momentos de intensos, onde rola os climas, e outros de amizade normal, mas existe um empecilho pelo fato dele já ter sido apaixonado pela minha melhor amiga, fato este, que o próprio me confessou. O que você acha da situação? Invisto em algo mais ou fico só na amizade? Acha que ele está afim ou não? Desde já agradeço Abraços!

Olha moça... Eu ainda não sou um vidente, mas acho que vale a pena arriscar; e a melhor maneira de se fazer isso é com uma boa conversa, quem sabe vocês não descobrem o verdadeiro sentimento que tem um pelo outro, não vejo nem um obstáculo por ele ter gostado da sua amiga, pois quando ele te conheceu você também estava afim de outro.

quinta-feira

Papo de sonho.

Olá Fred! Boa noite! Conheci um carinha pelo Orkut, ele começou a me ligar, mas nada de marcar algo comigo; ele alega que não sabe vir sozinho onde eu moro. Certo dia ele me apanhou em uma festa de são João, demos uma volta de carro e depois me deixou na casa da minha tia; só conversamos, não rolou nem beijo.  Depois ele começou a me ligar propondo que fossemos tomar um banho de mar à noite, só que eu achei a idéia estranha e nunca aceitei.  de vez em quando ele me liga, mas sempre pergunta se eu estou em uma festa ou se vou para alguma, para que nos encontrássemos lá... Nunca deu certo. Um dia ele me disse no MSN que tinha tido um sonho comigo, perguntou se podíamos realizar esse sonho, eu disse que dependia do sonho... Ele disse que tinha haver com edredom e algo mais... Eu disse: quem sabe um dia!!! Agora ele fica ligando querendo-me ver; até propôs de nos vermos à tarde, mas acho que não é uma boa idéia para o primeiro encontro, ainda mais com um moço que teve sonhos estranhos comigo. Mas por outro lado simpatizo muito com ele, ele faz meu tipo...  O que você acha? Devo me encontrar com ele? E se for à tarde para onde devo ir? Até aonde devo deixá-lo chegar? Não quero transar com ele no primeiro encontro, na verdade já é o segundo apesar dele nem ter me beijado... Ajude-me, por favor!

Que roubada!!! e você acredita que ele não sabe chegar à sua casa; se ele quisesse mesmo te ver isso nunca seria um empecilho; a melhor parte da sua carta é quando ele diz sobre sonhar com edredom e algo mais sendo que vocês nem se beijaram, acho esse sujeito meio estranho parece alienígena, como ele pode fazer o seu tipo se você mal o conhece, sinceramente acho que você devia mandar esse “alien” para o espaço. Com relação ao encontro a tarde tem muitas opções: como um pic-nic, um programa cultural (exposição, museu...), uma sessão vespertina no cinema, passeio de mãos dadas no parque, um belo sundae regado ao um bom papo... Entre outros. Espero que essas dicas de passeios não sejam realizadas com esse ser bizarro... rs

Enterrando o passado.

Oi Fred!!! Tenho 24 anos, conheci seu blog faz um mês mais ou menos, leio todas as duvidas e respostas, fiquei pensando se mandava ou não e não resisti, espero que possa me ajudar. Namorei por cinco anos uma pessoa que fazia tudo por mim, e eu tentava fazer o mesmo por ele. Nos primeiros 2 anos, tudo ia muito bem, mas comecei a sentir interesse por outra pessoa, gostava muito do meu namorado, mas o interesse que tinha virou uma espécie de sentimento, e acabei traindo meu namorado, tínhamos dado um tempo, e fiquei com outra pessoa e ele viu, ficamos separados por alguns dias e voltamos depois, ele sempre disse que me perdoava, mas que não conseguia esquecer. Passou quase 2 anos, e ele me traiu, daquele dia em diante nosso namoro nunca mais foi o mesmo; dávamo-nos muito bem, nós tínhamos planos, mas eu não tinha mais desejo por ele, tinha semanas que nos víamos apenas aos sábados, e isso foi piorando, ele começou a sair sozinho durante os dias de semana, para resumir, a nossa ultima briga, foi porque ele saiu o final de semana inteiro sozinho e me deixou em casa, fiquei muito chateada e terminei; mas ele não aceitou e veio varias vezes atrás de mim, disse que fez aquilo tudo porque não conseguia esquecer o que fiz no passado. Após a briga passaram-se 20 dias e não fui atrás dele, faz 2 meses, hoje ele está com outra pessoa, e eu não consigo esquecê-lo, amo-o muito, trocamos algumas mensagens nos últimos dias, ele sempre gentil, mas não tocou no assunto reatar. Não sei o que faço!!! Sigo com a minha vida, se insisto com ele, estou sofrendo muito com esta situação.

Você precisa descobrir se o que sente é verdadeiro ou é apenas um capricho por tê-lo visto com outra pessoa. Eu pergunto: Você quer mesmo uma pessoa que você não sente atração nenhuma; que perdoa, mas não esquece a traição e quando a traiu deve ter jogado na sua cara o seu passado negro... rs? Será que não é um sentimento de perda, ciúmes e posse? Faça o que o seu coração mandar, mas não esqueça de ouvir a razão ela pode dizer algumas coisas que irá surpreendê-la... rs Acredite!!! O melhor que deve fazer é enterrar esse corpo que não lhe pertence mais e olhar para um futuro cheio de novas aventuras e perspectivas.

quarta-feira

O coitadinho.

Boa tarde, Fred!!! Sempre que posso acompanho sua coluna e acho muito interessante... Mostra-nos um lado que às vezes não vemos por estarmos completamente apaixonadas...  Há 4 meses conheci um cara super bacana... Mas antes de sairmos eu já estava de olho nele... Ele tem uma banda!!! No ultimo show o cumprimentei ele me deu um abraço hiper gostoso!!! Na semana seguinte, saímos... Passamos a madrugada toda conversando... Ele ainda pegou o violão e cantou algumas musicas olhando dentro dos meus olhos... Super lindo!!! Foi nessa madrugada que aconteceu o primeiro beijo... Depois dessa madrugada mágica, descobri que ele tem uma namorada de 5 anos... Foi um choque!!! Nunca tinha passado por isso antes... Ele é muito carinhoso... Um amor de pessoa... Sempre arranja um jeitinho de me ver... Um dia na frente da minha irmã ele me olhou nos olhos e disse que estava completamente apaixonado... Disse que me amava muito e que eu era muito especial para ele... Ele sempre briga com essa namorada... Um detalhe me deixou mais apaixonada por ele é que eu tenho 20 anos e sou virgem ainda e um dia quando ele teve a oportunidade de transar comigo disse que não poderia fazer isso... Agora não sei o que faço... Ele diz que gosta muito da namorada, mas não a ama mais e não tem mais planos com ela... Ele falou que tem medo de ficar comigo, da minha família não o aceitar ou a gente não dar certo... Por causa de uma divida que tem com a sogra ele não termina com a namorada... Final de semana passado estava com ele em uma festa quando a namorada chegou e ele teve que ficar com ela... Ele ficou hiper chateado e no outro dia pelo telefone chorou desesperado com medo de me perder... Pediu milhões de desculpas E agora... O que faço? Espero sua ajuda... Obrigada... (A.)
Que roubada!!! Ele sempre briga com a namorada, diz que o namoro esfriou, que não a ama, que não vê um futuro ao lado dela e todo aquele bláblá que o homem diz e depois de falar tudo isso nunca termina com ela... E você ainda não entende? O que você ainda está fazendo com “esse carinha” a questão não é ele tomar uma decisão porque isso ele já fez, escolheu ficar com as duas... rs A melhor parte da história; é a dívida com a sogra, estou rindo de me acabar...rs  o que fazer nessa hora? As opções são: Chutar ele para o espaço e ir atrás da felicidade com alguém que seja só seu ou continuar dividindo a relação com uma namorada que na qual não lhe fez maldade nenhuma, mas você a odeia por causa do que ele diz sobre ela e ainda por cima ele deve fazer-se de vítima em um circo de horrores proporcionado pela “carrasca da namorada”... rs Vou torcer para você escolher a primeira alternativa a princípio parece ser a mais dolorosa, mas você verá no futuro que optou pela melhor saída.

terça-feira

Quero trocar de homem.

Oi Fred, gosto muito de sua coluna... Precisava de uma dica. Conheço uma pessoa faz 2 anos, Ele é casado. Claro que quando o conheci não passava pela minha cabeça sentir o que estou sentindo, até me cobro muito, pois sou casada também e não queria perder a convivência com ele, mesmo porque somos colega de trabalho, porém esta muito difícil. Sei que ele também não está indiferente, mas me respeita tanto a ponto de muitas vezes ser ríspido. Como eu sempre defendi a política de que acho um absurdo à traição e tudo mais, ele jamais se abrirá comigo. Mas estou pensando em dar uma abertura, para ver o que ele fala. Sei lá, ou então me distanciar de vez, o que me fará sofrer muito com certeza. E meu casamento não esta muito bem para ajudar. O que faço?

Primeiro passo; resolva o seu casamento; para poder amar sem julgamento é preciso estar de rabo solto, sem vínculos, livre e descompromissada, se a opção não for se livrar do maridão, então esqueça e seja feliz com a sua escolha, mas se optar mandar o conjugue comer capim em outro lugar pense!!! A decisão é e será somente sua, que não seja por causa dessa pessoa que você diz estar apaixonada, porque se ele não fizer o mesmo não adianta culpá-lo; porque cada um é o seu guia, as pessoas não agem da mesma maneira e geralmente não tomam as mesmas atitudes, você apenas irá descobrir de uma maneira dolorosa que ele não era a pessoa certa, mas por outro lado fique feliz estará solteira e pronta para dar uns tiros por aí.

A periquita quer voar.

Eu gostei das suas respostas e resolvi escrever; namorei 8 anos com um homem e me casei com ele e fiquei casada 14 anos, sem nunca manter relações sexuais porque ele descobriu uma impotência após o casamento, mas gostava dele bastante e sua companhia para mim era crucial; todavia, ele começou a ganhar dinheiro e mudou passou a me cobrar pelo seu insucesso sexual e tanto me encheu que eu acabei saindo de casa, mesmo gostando dele, até hoje ele me culpa pela separação, como se eu fosse o problema; casei de novo, desta vez, tive lua de mel, nunca havia traído o primeiro, mas o segundo tinha problemas com os negócios e quis me colocar no meio e com menos de um ano já estava separada, o insucesso da primeira vez, não teve nada a ver com o da segunda, mas comecei a achar que eu só coloco o olho em homens problemáticos e gostaria de me entender melhor; vc pode me ajudar?

Essa está difícil... rs Acho que eu não sou a solução para os seus problemas de relacionamento, você devia procurar uma benzedeira ou um Pai de Santo...rs entendo o amor, entendo o sexo, sei  que os dois devem andar juntos, ficar com alguém sem sexo acho muito complicado, mas acredito que você suportou isso por não ter liberado a “gorducha” antes para alguns testes, assim sendo você não adquiriu experiência e nem teve o direito a um grande prazer sexual por falta de comparação. Agora!!! Em vez de avaliar o próximo; o que você faz!!! Troca uma porcaria por uma titica de galinha, acho que você não deu sorte na escolha, mas acredito que você pode ser dar bem se procurar um homem com calma, não se atirar de cabeça sem antes conhecer bem o pretendente, adquira bastante confiança no próximo que virá, aí sim você pode dar o seu coração e tirar a periquita da gaiola... rs

Amor a três.

Ele diz que ama a namorada, será que devo insistir? Há mais de um ano conheci um rapaz que coincidentemente trabalha e estuda junto comigo, ficamos muito amigos, e ele nunca me escondeu que tinha namorada e que ela morava junto com ele, mas começamos a nos envolver e eu fiquei muito apaixonada, ficamos algumas vezes e quando eu comecei a pressioná-lo sobre a nossa situação ele me disse que estava apaixonado por mim, mas que amava a namorada e não queria terminar e que não poderíamos mais ficar juntos que deveríamos continuar amigos... Fiquei arrasada! Tentei me afastar por um tempo, mas não consegui! Recentemente ele me disse que tinha terminado, mas voltou uns dias depois... Sei que é errado, mas queria muito lutar por esse amor, pois acho que tenho chances... Será que vale a pena?

Lógico que não vale à pena!!! Esse é o tipo safado quer ter as duas ao seu lado, se você concorda em dividir e se contenta com meio homem então vá fundo, mas cuidado quando mais fundo você for à escuridão aumenta e depois fica difícil voltar para a luz... Meu conselho: esqueça-o e procure alguém que só tenha olhos para você, pode até demorar, mas ele está por aí, insista porque quando achar será muito feliz.

segunda-feira

Não seja comidinha requentada!!!

Bom dia, Fred!!! Ao ler suas respostas no site da UOL, resolvi te escrever... Comecei a ficar com um rapaz da empresa e hoje estou namorando há 3 meses. No início, chegamos à conclusão de que não existia química. Depois de 1 semana, percebemos que a presença de ambos era tão agradável e começou a rolar um sentimento. Começamos a namorar, confesso que eu não gostava muito dele, e simplesmente dei uma chance para ver se aprendia a amá-lo. Entre erros e acertos, estamos indo bem, mesmo ele sendo mais novo que eu 4 anos. Recentemente, um “ex ficante” começou a ligar porque ficou solteiro. Isso mexeu comigo porque fui muito apaixonada por ele; fazia 8 meses que não nos falávamos e uns 2 anos que não ficávamos. Tudo isso coincidiu com uma fase complicada no meu namoro, estamos sem tempo um para o outro, trabalhando demais. Estou em um dilema. Racionalmente falando, prefiro aprender a gostar mais do meu namorado do que me encontrar com o meu ex. Mas, sentimentalmente, não!! O que eu faço?????
Procure um terceiro amor porque ainda não achou o cara certo; o antigo amor só está lhe procurando por carência afetiva, está apenas descongelando aquela relação que ele guardou no freezer para saciar suas vontades até ele arrumar outra e novamente chutá-la para fora da vida dele; já o atual, não possui a pegada, não é o amor que você deseja e a satisfaz e insistir em algo que não está virando é o mesmo que estar morta para o amor, querer forçar uma barra só para ter alguém ao lado não serve, por isso acho que você devia ter uma terceira opinião... Ops... Quero dizer opção... rs

Quero-o de volta.

Boa Tarde, Fred!!! Tenho 20 anos e morei com meu namorado por 2 anos. No mês passado tivemos uma briga porque ele chegou tarde, foi uma briga feia eu bati nele com murros e tapas como nunca tinha feito antes... Ele me segurava para se defender. Depois disso arrumou tudo e se foi; disse que queria um tempo para pensar se realmente queria essa vida de casado aos 21 anos de idade. Fiquei mal, não comia, só chorava, estava desesperada, após 2 dias, ele veio me procurar e decidimos que ficaríamos juntos mas em casa separadas. Senti-me rebaixada ao cargo de namorada, por um lado entendo; foi bom para os dois esta decisão, pois poderíamos nos matar a qualquer hora. Ele vem na minha casa e dorme às vezes,  mas está morando com a mãe dele. Porém sinto muito a falta dele; ele age como se fossemos namorados; acho que ele apagou da mente que um dia foi meu marido. Por um lado está sendo bom, porque ele sente mais saudades de mim, mas sinto que algo está faltando no nosso relacionamento. O que você acha que devo fazer? Devo continuar assim ou devo terminar logo de vez? Estamos juntos há 5 anos e ele me trata como uma princesa, mas queria que ele voltasse para nossa casa, só que ele insiste em ficar separado, você acha que nosso relacionamento vai dar certo deste modo? Ajude-me Fred!!! Preciso de algum conselho para não  cometer erros. Beijos (A.)
Não vejo nada de ruim em voltar a ser namorado, ele até tentou ficar casado com você, mas a agressão e o desrespeito de ambas as partes culminaram na separação de vocês, pense!!! Podia ter sido pior!!! Vai ver que a união marido e mulher tenha sido um impulso muito grande, acho que tudo tem o seu devido tempo, ele não estava preparado para a vida conjugal naquela época, quem sabe uma conversa possa fazer com que volte a morar com você. Com calma e tranqüilidade vocês têm que rever a situação que causou a separação e fazer planos futuros priorizando o que é melhor para os dois, senão der certo aí só depende de você; esperar por ele ou procurar alguém que esteja preparado para assumir e dar esse passo ao seu lado.

Covardia tem limite.

Oi Fred... Adoro seu blog... Há algum tempo ele faz parte do meu manual de sobrevivência... rs... Iniciei um relacionamento há 4 anos, ajudei muito a pessoa financeiramente e emocionalmente até ele vir morar comigo e eu ficar em suas mãos. Nessa época já tinha deixado meu trabalho e passei a trabalhar com ele... Todo o dinheiro entrava na conta dele e ele começou a controlar na minha vida... Fez com que meus amigos e familiares se afastassem de mim... Passou a me humilhar e ao meu filho... Além disso, descobri no MSN e no celular que ele me traia... Cheguei a perguntar para ele se valia a pena ele trocar o nosso relacionamento por uma aventura... E a resposta foi: jamais!!... Mas ele continuava ma traindo... Nessa época, ele minimizava a sua culpa através de presentes que me trazia das viagens, etc. Tudo funcionava com ameaças e chantagens... Infelizmente pelo amor que sentia e por estar em suas mãos financeiramente  e emocionalmente, não encontrava saída. A situação ficou insustentável no dia em que ele me agrediu fisicamente e fui à delegacia, o que ele considerou uma traição, e acabou saindo de casa. Acontece que mantemos contato a distância em função do nosso negócio; ele sempre insinua que esse tempo vai ser bom para gente e afirma que gosta de mim e que ele não se sente maduro nesse momento, enfim... O problema é que não confio mais no que ele diz; uma vez que suas atitudes demonstram o contrário, será que estou perdendo a última oportunidade da minha vida... Detalhe: ele sempre justificou as traições em cima de uma "desobediência" ou "desrespeito" de alguma determinação dele. Ou seja, a culpa é sempre minha...

Moça o que você está fazendo da sua vida!!! Saí dessa!!! Você ainda tem dúvidas do que vai fazer!!! Ele já te agrediu, roubou e a traiu o que fará da próxima vez (Mulher cemitério, deita que eu enterro) acorda!!! Cadê a sua força, lute pela sua liberdade, primeira atitude e separar de vez, começando pelos negócios; sei que é muito difícil, terá que começar do zero, vida nova, mas com felicidade plena, sem submissão, sem traições e sem manipulação; chute as bolas do safado para o espaço, acredite em você!!! O tempo vai resolver tudo, aposto que sua família e amigos irão ajudá-la se realmente o seu desejo for livrar-se desse covarde. Siga em frente!!! Tenho fé em você.

sexta-feira

Coloque a fila para andar.

Fred, conheci um garoto que era amigo do namorado da minha amiga, ele namorava mas depois terminou, ficamos muito amigos e começamos a ficar nos finais de semana, realmente nos divertíamos juntos. Mas um dia ele disse que gostava de ficar comigo, mas não queria se envolver por ter acabado um relacionamento há pouco tempo. Depois disso ficamos somente 2 vezes, só que ele vive pegando no meu pé, perguntando sobre minha família, dando umas indiretas que não dá para entender; estamos nessa situação há um ano, ele não fica com outras garotas na minha frente (só algumas vezes), e quando estamos em alguma festa, normalmente não fica perto de mim, apesar de eu não perturbá-lo não correr atrás dele. O que esse garoto quer? Não o entendo. Obrigada.
O que ele quer!!! É distância de você, caia na real, procure alguém que a queira na mesma intensidade. Você diz: ele não fica com outras garotas na minha frente, só de vez enquanto; o que isso quer dizer? Pare de ser a “garota estepe”... Pense!!! Quem você está querendo enganar com esse papinho!!! Larga esse mundinho de fantasia que você criou e volte a viver a realidade, coloque a fila para andar, esse rapaz não serve para você.


Você tem uma longa vida pela frente.

Olá Fred, tenho 20 anos, sou casada e tenho uma filha de 4 anos. Casei-me com 16 anos, devido a minha gravidez. Meu marido e eu sempre vivemos muito bem, porém de um tempo para cá as coisas não vão bem. Terminamos algumas vezes, mais sempre acabamos voltando. Na ultima vez que nos separamos, ele pediu para voltar, resolvi dar mais uma chance a ele e mais uma vez voltamos. Porém agora, sinto certa "frieza" por parte dele, ele sempre evita os beijos e na hora de fazer amor, quase sempre diz que está cansado. Eu procuro saber como anda as coisas no trabalho, se existe algum problema que possa estar atrapalhando, porém ele nunca se abre; ele anda fazendo muita hora extra, eu ligo na empresa para saber se está mentindo, e todas às vezes ele está lá mesmo. Eu entendo que, talvez devido a cobranças no trabalho ele esteja meio desgastado. Às vezes quando estamos juntos, e conversando, eu digo que estou me sentindo triste e que gostaria mais da presença dele, e ele me diz que se eu não estou satisfeita que posso procurar outro, mais eu não quero isso, quero ficar com ele. Mais tanto distanciamento acaba criando dúvidas em minha cabeça, sempre penso que ele tem outra, e que não gosta mais de mim, mais se não gostasse ou se tivesse uma amante. Ajude-me Fred!!! Beijos (A.) de Campinas
Ainda bem que você só tem vinte anos, tem muita coisa ainda para viver; achei o seu relacionamento muito conturbado, está mais para um aeroporto com altos e baixos; idas e vindas... rs Eu sempre prezo pelo amor de um casal, mas não sou tolo o bastante para insistir no que não está dando certo; olhe para você e pense!!! Você já fez tudo para ficar com esse homem? Se ainda não, Faça!!! Agora, se já tentou de tudo e não deu resultado; então caia fora!!! Porque como ele disse; “se não está satisfeita procure outro” ou você quer continuar com as migalhas desse relacionamento.

Ele quer a família reunida.

Caro Fred, estou mais perdida que cego em tiroteio; namoro um cara mais velho há 8 meses, quando nos conhecemos sabia que ele tinha 3 filhos e um neto, mas estes não moravam na mesma cidade, depois de alguns meses os filhos e a ex-mulher se mudam de mala e cuia para nossa cidade; a partir daí tudo degringolou, dentro do olho do furacão ficamos noivos, só que o cara agora quer que eu ame os filhos e aceite que eles estejam todo final de semana em casa o que tira muito a nossa privacidade; nesse meio tempo já terminamos o namoro e noivado, e ele pediu para que eu voltasse e que iria mudar em relação a ter tempo pro casal (eu e ele), não quero exclusividade todos os dias e finais de semana; quero apenas o meu tempo, ele diz que me ama e quer ficar comigo, e no outro dia já faz planos sozinho, Fred, eu choro todos os dias, porque o amo e queria que desse certo, mas ele quer ser sempre o certo o tempo todo, me ajuda o que faço?

Sei que você o ama, mas tem que ser irredutível com o seu desejo de ter uma vida a dois, vocês tem que sentar e conversar com calma e tentar chegar a um denominador comum que possa agradar ambas as partes; porque se fizer as vontades dele acabará morando e dormindo com a ex. rs Se esse papo não der certo pule fora, porque a única pessoa que vai se magoar nessa história será você.

quinta-feira

Dorme comigo como um urso de pelúcia.

Olá Fred!!! Tenho 34 anos, mas no momento estou me sentindo com 15... rs Pesquisando na net eu te encontrei, acho que você iria rir muito ao ver a minha cara  procurando uma pessoa para me ajudar, estou envergonhada!!!...rs Mas vamos lá! Tenho um amigo, 5 anos mais novo; porém sempre que podemos estamos juntos... Eu adoro a companhia dele, mas atualmente vem acontecendo coisas que estão me deixando confusa, aliás, confusa não, loucaaa!!!! Sempre que saímos para ir a algum lugar ou quando vamos dormir na casa de amigos em comum, adivinhe!!! Ele é meu companheiro, sempre dorme comigo, mas acredite, nunca rolou nada... Sou uma mulher que passa a imagem de brava, no fundo sou um doce... rs Bom, ele já teve crise de ciúme, uma vez conheci um rapaz e ele ficou o tempo todo do meu lado e deu até a entender que tinha algo comigo, ele sente ciúmes até das minhas amigas e fica se gabando das mulheres que são afim dele; Fred!!! Não estou entendendo nada!!! Ele não me toca!!! Sei o que está pensando!!! Não sou feia!!! e ele definitivamente não é gay!!! Rs Todos a nossa volta dizem que ele é apaixonado por mim...porém ele diz que não sente nada, ele me respeita demais... Só que não toma uma atitude, sei lá, me agarra, passa uma rasteira, eu não vou achar ruim... rs As vezes faz pirraça e some para ver se eu imploro a companhia dele, se dou um gelo, ele corre atrás, me ajuda!!! Estou ficando louca!!! Ele está afim de mim? Se tiver o que faço? Estou sempre na defensiva tenho medo de atacar ele durante a noite, receber um não e perder o amigo!!! Já posso me internar?...rs Desde já agradeço (S.)
Esse rapaz tinha que ir para a luz, de preferência cor de rosa, ele está mais para o reino da “bibolândia” do que para macho alfa, mas você acredita que ele é homem com H, o que eu posso dizer!!! O que você tem que fazer e parar e refletir se o que está sentindo por ele não é apenas uma empolgação ou está confundindo amor com amizade; depois disso se ainda quiser tê-lo ao seu lado não parta para o ataque corpo a corpo, seja franca abra o seu coração não tenha medo de perder a amizade, pois se ela for sincera e forte isso nunca irá abalar o que vocês construíram durante esses anos; o maior risco e vocês começarem um relacionamento sem a verdade do sentimento, aí sim!!! a amizade pode vir a sacudir, porque como você sabe um relacionamento não é sempre um mar de rosas, têm brigas, discussões e desavenças e um término às vezes pode ser muito desastroso; analise e veja se vale à pena passar por essa situação.

Como acabar com a dor do amor.

Olá Fred!!! Da mesma forma, como você sempre recebe elogios pelo seu trabalho no blog, eu também quero tecer elogios e dizer que gosto da forma direta com que você se posiciona. É o lado racional e prático masculino que se manifesta muito legal isso. Enfim, namorei à distância um ano e meio. Ele em SP, eu em Brasília. Ele sempre deixou bem claro a necessidade de liberdade e privacidade. Ok, Eu respeitei isso e fui bastante compreensiva, até o ponto em que vi que ele não estava disposto a pagar o "preço" de namorar a distância. Terminei umas 3 vezes por causa disso. Eu sempre corri atrás, fui a SP várias vezes e ele veio pouco onde moro. Enfim, chegou um ponto em que decidimos que o melhor seria terminar de vez.  Gostamos muito um do outro e ele demonstra que ainda sofre muito com o término e eu também. Inventei de namorar outra pessoa (com a péssima intenção de tentar esquecê-lo). Acabei comentando isso com ele, talvez para provocar ciúme ou uma tentativa insana de fazê-lo voltar. Enfim, acho que mesmo gostando, ele decidiu que o melhor era terminar mesmo. Agora estou com um abacaxi enorme. Namorando um, pensando em outro e ainda por cima, sofrendo. Quanto tempo leva para se esquecer alguém? E o pior de tudo isso é que ambos temos consciência de que gostamos muito um do outro, mas "cortar o pescoço" foi à única saída, porque não daria certo... Eu nunca passei por isso, sempre terminei relacionamentos porque já não havia interesse (meu, do outro ou de ambos). Dessa vez é diferente, porque gosto demais dele e tive que agir com racionalidade. Será que a dor um dia acaba? Abraços


Ainda bem que largou “esse figura”, pude notar na sua carta que houve um empenho somente seu para que esse relacionamento realmente desse certo e com passar dos tempos você se conformou e passou a acreditar que ele a ama, mas a distância e outros problemas no percurso fizeram com que vocês se separassem; dê os parabéns a ele por mim, eu quase acreditei no amor dele...rs Vou ser sincero se ele gostasse tanto assim de você teria lutado mais por esse amor; agora começar um relacionamento com uma terceira pessoa pelos motivos errados é muita sacanagem com o ator coadjuvante, pois o coitado entrou em um barco furado para que você esquecesse o passado; pode dar uns beijos por aí, umas saidinhas acolá, uns namoricos por ali, e assim vai... Mas antes de assumir outro compromisso você tem que estar bem resolvida emocionalmente com o seu relacionamento anterior. Com relação a esquecê-lo cada pessoa tem o seu tempo às vezes isso nunca acontece, mas a dor cessa, a ferida cicatriza e a marca fica para sempre, mas isso não é tão ruim como pensa!!! Essas cicatrizes são os sinais de amadurecimento, vivência e experiência, são as marcas calejadas de uma vida plena e satisfatória, são as histórias escritas por você.

quarta-feira

Ainda não está pronta para um relacionamento.

Oi Fred, sua "praga" de terceira pessoa aconteceu!rsrs Como já contei em outro e-mail, eu estou saindo com uma pessoa há dois meses, mas ainda tenho um sentimento muito grande pelo meu ex-namorado. Relatei isso para você semana passada e você me aconselhou a valorizar mais esse rapaz que está comigo e seguir em frente, que poderia até aparecer uma terceira pessoa. Pois é, apareceu! Neste fim de semana esse cara que estou saindo foi viajar, e não nos vimos. Eu fiquei chateada porque passaria um final de semana sem ele e tudo mais. Mas, corri atrás dos meus amigos e saímos pra curtir o feriadão. O problema é que... Eu acabei ficando com um cara, muito fofo por sinal, mas estou me sentindo mal porque apesar de não estar namorando sei que esse rapaz tem um sentimento a mais por mim (apesar de não ter dado sinal de vida nesses três últimos dias, o que me deixou bem chateada). Mas, já decidi que ficarei sozinha por um tempo. A dúvida é: você considera isso uma traição? Acha que quando eu "terminar" com ele devo falar a respeito desse episódio? Estou mais confusa do que nunca! Help me.

Você vai me deixar louco... rs O que eu posso dizer!!! Faça isso mesmo, fique sozinha, pois acho que ainda não está na hora de ter um relacionamento mais sério; curta a vida de solteira, porque na hora que o amor chegar o seu coração vai avisar, porque se insistir nessa caça desesperada por uma relação estável irá surgir um quarto, um quinto... E assim vai. Respondendo a sua outra pergunta; deixe sempre as portas abertas porque nunca se sabe o que o nosso coração vai aprontar, termine o seu relacionamento sem revelar o real motivo, faça com que não seja doloroso e muito menos traumático para o rapaz, mas termine mesmo!!!  Não de esperanças, seja sincera com os seus sentimentos, omita a traição não faça com que ele saia desse relacionamento como um corno conformado... rs

Sozinha por muito tempo.

Fred, querido, faz 10 anos que não namoro ninguém. Nesse intervalo, tive casos e rolos, mas nenhum relacionamento sério. O que eu respondo quando o meu novo "pretendente" me perguntar se estou solteira há muito tempo? Digo a verdade? Confesso que tenho vergonha de estar solteira há tanto tempo e eu mesma desconfiaria de um cara há 10 anos sem compromisso... (Obs.: Eu tenho 32 anos). Bjs!
Como você mesmo disse: “tive casos e rolos” isso não quer dizer que está solteira por dez anos e sim que não achou alguém que despertasse realmente o seu interesse; não minta porque a mentira um dia vem à tona; não tem porque um homem desconfiar e não querer estar ao seu lado; acredito que você não seja uma galinha que saí ciscando pelos quatros cantos do galinheiro porque isso sim afasta os homens. Agora se você for o mapa do rascunho do inferno só nascendo novamente... rs

Escondeu os sentimentos e se arrependeu.

Olá!!! Boa noite Fred. Gostaria que me ajudasse em uma dúvida, conheci um rapaz no bate papo pelo MSN e ficamos teclando durante uns três meses até marcarmos o primeiro encontro, foi muito legal, marcamos o segundo e rolou, depois fomos saindo regularmente; até que um belo dia ele me perguntou o que eu queria com ele; eu disse que ele era legal, mas eu não estava interessada em me envolver no momento; saímos algumas vezes depois disso até ele ficar estranho, perdeu a empolgação do inicio. Agora falamos apenas pelo MSN e ele sempre diz que vai marcar algo, mas nunca faz, diz que vai ligar e não liga. O que vc acha? Arrependi-me de ter respondido que não estava interessada, tive medo de estar sendo testada por ele; ajude-me. Desde já agradeço. (A.)
Acho que você dançou!!! Um homem depois de conversar três meses no MSN, sair algumas vezes com você só iria fazer uma pergunta dessa se ele quisesse realmente uma resposta verdadeira, pense; se você respondesse a verdade e ele fosse embora era para ser assim mesmo, pois ele não era o cara certo para você, agora com a sua resposta não estou interessada; você o perdeu do mesmo jeito e ainda por cima sem saber se podia ter dado certo... A sinceridade vem com o tempo; vocês já estavam nesse chove e não molha há meses; bate papo, (internet) algumas saidinhas e até rolou, se ele fez essa pergunta era porque queria mesmo saber o que você sentia por ele; com a sua resposta você abriu vagas para a concorrência e deixou uma “brecha” para ele reparar nas outras; agora desencana e parta para outro... Porque esse já era.

terça-feira

Sexo pelo telefone.

Boa tarde, Fred!!! Literalmente esbarrei em sua "coluna" de aconselhamento e achei muito instrutiva. A lógica masculina é totalmente diferente da feminina, mas viva a diferença! O que significa para um  homem fazer sexo pelo telefone com uma amiga; ele perderá o respeito por ela como pessoa e como profissional? Ou esquecerá no dia seguinte o que fez? De qualquer forma, está de parabéns, nas respostas que li você disse tudo o que sabemos, mas não queremos aceitar. As mulheres precisam de uma sacudida, avalio que 95% são muito ingênuas e 5% muito espertas. Não existe meio termo. Obrigada.


Eu não sou adepto a esse tipo de fantasia, sexo pelo telefone!!! Mas se o cara gosta e se foi bom para ele... (cada um tem o sexo que lhe convém) Com relação ao que ele vai pensar da pessoa com quem praticou tal ato pecaminoso... rs depende da maturidade e de quanto gosta dessa pessoa. Agora a sua afirmação de que as mulheres são em sua maioria ingênuas, eu discordo, acredito que algumas delas se deixam iludir por carência e medo de ficarem sozinhas, submetendo a homens sem caráter e canalhas em suas vidas, estando cegas pelo amor, não acreditando nas pessoas que querem o seu bem e com isso tapam o sol com a peneira.

Jogo do amor.

Oi Fred, preciso muito que você me ajude. Três anos atrás eu namorava um menino, nosso namoro durou 1 ano; as brigas que rolavam entre a gente eram de ciúmes, mas eu sentia que ele me amava; no começo a gente enfrentava muitas coisas para ficarmos juntos, mas quando foi chegando ao fim ele trocava meu nome quando a gente se beijava ou conversava e também estava super diferente comigo todo mundo dizia que ele me traia com a minha melhor amiga, mas nunca foi provado, só desconfianças; até que um dia eu o trai, acho que ele ficou sabendo. Ficamos pela última vez e ele viajou para São Paulo, estava com medo de ele nunca mais voltar, então um dia eu tive que morar em outra cidade, quando ele voltou eu não estava mais lá e nisso eu tinha ficado com outras pessoas, nunca mais o vi, adicionei ele no Orkut; depois de um tempo ele pediu meu MSN e ele perguntou se eu estava namorando muito, disse que estava um pouquinho, que tinha terminado faz um tempo, e lhe fiz a mesma pergunta e ele disse que não: depois disso não conversamos mais; eu queria falar tudo o que fiz com ele e pedir desculpas e queria que ele fizesse o mesmo comigo, quero voltar para ele porque o amo muito. Um dia ele me mandou um depoimento pelo Orkut, um tipo de brincadeira de corrente dizendo que me amava mais que tudo e que era para eu mandar para todos os meus amigos principalmente a ele. Eu não sei Fred se ele ainda pensa em mim, mais eu penso muito nele e estou querendo desabafar, por favor, Fred me responda!!! Será  que ele ainda pensa em mim?
Nossa!!! Sua história daria um bom filme; Amor, sexo e Traições... Ou um emocionante jogo de tabuleiro... rs. O que você está fazendo!!! Caiu em um buraco!!! Vai ficar vivendo do passado, jogue os dados e avance algumas casas... rs “Pegue uma carta”  o que ela diz: Siga em frente, arrume outro namorado, chega!!! Porque quer tentar saber da vida dele ou se ele ainda pensa em você, Acorda!!! Se ele quisesse mesmo ficar com você; já estariam juntos...

Liberdade no relacionamento.

Vou tomar a liberdade de comentar algo que você disse anteriormente. Homens têm medo de compromisso, mas vale lembrar que atualmente, algumas mulheres também. Meu namorado bradava aos quatro cantos que a independência dele não tem preço. Ora, eu entendi na primeira vez em que ele falou isso. Aliás, antes mesmo de ele ter falado eu já havia entendido. Por que todo homem acha que a mulher vai ser como um herpes que não vai deixá-lo em paz nunca mais? Para minha surpresa, (ou surpresa dele), comecei a mostrar em gestos (já que palavras não bastavam) que eu não nasci grudada nele e nem pretendo vir a ser, que adoro ter meu tempo só pra mim, pois posso fazer as minhas coisas; deitar no sofá de robe vendo os filmes que eu escolhi na TV, tomar o pote de sorvete sem ter de dividir com ninguém, ter os meus horários para sair com minhas amigas, entre outras coisas. Ai vai minha pergunta: é isso que vocês querem? Alguém que simplesmente não encha o saco, que saiba a hora de pegar o banquinho e sair de mansinho? Beijos.
Concordo com você; hoje a mulher está independente, ela quer viver a vida sem compromissos e com mais liberdade. Acho saudável o casal ter a vida a dois e a sua própria, mas sem exageros, porque tudo o que é em excesso também pode ser prejudicial; é essencial para a construção de uma boa vida compartilhada que o casal consiga ter uma conversa sincera e na medida do possível aceitar as vontades do parceiro, (que não seja nenhum desejo doentio... rs) sempre respeitando o espaço de cada um, sem cobranças e sem sufocar com ciúmes psicóticos.


Exorcize os demônios da sua vida.


Bom dia Fred!!!  Existe um rapaz na minha vida há alguns anos. Na época que nos conhecemos, ambos namorávamos, mesmo assim ficamos juntos algumas vezes. Eu acabei me casando e nos afastamos, mas ele ainda tentou se aproximar algumas vezes, mas eu não dei abertura. Três anos depois, me separei, e voltamos a nos falar, só que ele namorava outra menina. Ele sempre me procurava para conversar, dizia que tinha duvidas a respeito do relacionamento, que pensava em ficar comigo (nós não ficávamos juntos, apenas conversávamos)... Mas não tomava uma atitude. Bom, segui minha vida. Essa situação me desgastou tanto que criei certa aversão a ele... Uns meses atrás ele reapareceu dizendo que estava solteiro (detalhe é que foi a menina que terminou com ele), mas eu já estava em outra. Afastamos-nos novamente e ele começou a namorar uma terceira menina. Depois de um tempo (eu já estava sozinha de novo) voltamos a nos falar (novamente). Ele terminou (pelo menos disse que) e agora fala que gosta de mim, que é comigo que ele quer ficar, enfim... Todas aquelas coisas que nós mulheres adoramos ouvir. Eu já não tenho tanta certeza se quero ficar com ele, mas tem horas que ficamos carentes... E fico pensando se as pessoas merecem um voto de confiança. Mas não consigo esquecer o fato de que ele traiu uma namorada comigo, não sei se confio nele (e nem acho que ele confiaria em mim, pois eu também traí). Mas pra mim o pior de tudo foi ele ter ficado no relacionamento com a outra... Acho que se ele gostasse de mim, teria ficado comigo, já que eu não topei ser "a outra". Mas será que pode ser verdade que ele gosta de mim agora, ou só ta querendo me ganhar? O que vc acha? Obrigada! Bjos


Moça!!! Acho que não vai dar certo!!! Porque ao ficar com ele só vai adiar o inevitável (a decepção); mas por outro lado acredito que você dando uma chance, fará com que abra seus olhos para os defeitos e qualidades do rapaz e com isso avaliar melhor o relacionamento dos dois e descobrir se existe uma luz no final desse túnel e se não der certo pelo menos a sensação de não ter tentado não existira na sua vida; com isso pode virar a página sabendo que não ficou nenhuma dúvida e muito menos sobrou um fantasma para infernizar o seu futuro.

sexta-feira

Quero sair com outras mulheres.

Oi Fred, Adoro seu comentários, te acho sincero e direto sem ser muito machista. Queria que tirasse uma dúvida minha: Você acha que vale à pena investir em um relacionamento que iniciou há um mês (eu tenho 26 e ele 22 anos), mas ele insinua que não quer compromisso, embora possa se envolver, pois terminou um namoro longo e desgastante há pouco tempo? Acho que ele gosta da minha companhia, nos falamos umas três vezes por semana, mas penso que está mais interessado em me levar pra cama (o que não aconteceu) e me mostrar para os amigos. Em nosso último encontro ele disse que não quer me enganar, que não quer namorar tão cedo, e que não deixaria de ficar com outras garotas e não se importa que eu fique com outros. Não concordei e disse que é melhor não nos vermos mais, pois sei que vou sofrer. Tenho muito medo, já esperei mais tempo para uma relação concretizar e só piorou. Depois disso ele me procurou, mas não mudou de idéia. Já ouvi casos de homens que no inicio não querem namorar por terem acabado de sair de um relacionamento, mas depois mudam de idéia e dizem que a mulher soube esperar o tempo deles. Mas como ficar com outros, e aceitar isso dele também? Você acha que me precipitei por nos conhecermos a apenas um mês? Nunca tinha perguntado nada, apenas tomei essa atitude perante os comentários dele. Não acho que devemos começar um namoro agora, mas como continuar ficando sabendo disso? Penso muito nele. Arrependi de ter sido tão radical. Sei que não tem mais volta, mas queria aprender já que essa é uma situação freqüente na minha vida. Cada caso é diferente, mas de uma forma geral, o que você pensa quando desde o começo ele insiste em afirmar isso? Obrigada! Beijos!!

Estou rindo não consigo parar, me ajude!!! O rapaz com 22 anos terminou um namoro longo e desgastante... rs você quer uma pessoa que vai ficar com outras garotas e que ainda é muito bonzinho ele deixa você ficar com quem quiser, continuo rindo... rs Eu também sou homem, tenho medo de compromisso porque acredito que a minha liberdade será tolhida, também peço um tempo para digerir a idéia, mas se gosto da pessoa vou querer ficar somente com ela para depois quem sabe transformar esse relacionamento em um namoro... Você fez certo em não dar mole, uma pessoa que lança uma proposta dessas não está interessada em ter um futuro com você, ele quer apenas te papar ou como você disse desfilar a mulher mais velha que pegou... rs

Em pé!!! Sentido!!!

Olá Fred, é a primeira vez que entro nesse blog, é muito legal e super interessante. Não te conheço, nós nunca nos falamos, mas como vi que você sendo homem e tira a dúvida sobre eles, queria pedir sua opinião. Estou namorando e ele é virgem, não sei lidar com isso direito. Eu como não sou mais virgem, e tenho vontade de fazer sexo, pedi para ele que tentássemos, começamos pelas preliminares, quando fui colocar a bendita camisinha, ele não conseguiu segurar e “atchim” antes do fato consumado, sem contar outra vez que tentamos e ele broxou na hora de por a camisinha. Quando vamos apenas brincar é uma beleza, mas quando vou colocar a camisinha ele broxa. Não sei mais o que fazer. Tenho paciência com ele, mas não sei direito como lidar com isso, ele não quer pedir ajuda, mas querendo ou não eu também sofro com isso, sei que ele também sofre, pois nas tentativas frustradas ele fica muito mal, até pediu desculpas, mas não sei o que eu faço, não quero terminar por causa disso, pois eu o amo demais, Estou pondo toda minha confiança em você, pois há tempos que eu estou querendo pedir ajuda para alguém que entenda e agora eu achei... Desde já agradeço e espero um retorno o mais breve possível; obrigada... (R.)

Falar sobre sexualidade não é muito a minha praia, mas vamos lá, acho que você está o pressionando por isso ele não dá no couro, minha sugestão e uma viagem só os dois, um lugar tranqüilo, aonde ele não tenha nenhuma preocupação e muito menos pressa para resolver essa pendência... rs Se mesmo assim não der certo, aí o problema pode ser você, mande-o a uma casa de moças de família para resolver esse probleminha de meio duro e meio mole...rs Se ainda assim não resolver, aí não tem mais jeito, mande esse broxa sair do armário e seguir a luz cor-de-rosa, porque o negócio dele e outro tipo de fruta...rs

Independência ou morte.

Oi Fred. Estou adorando este blog. Quando namoro, sou uma mulher super dedicada. Em todos os sentidos e, ouso dizer, principalmente no quesito sexual. Meu namorado, um homem sete anos mais velho que eu, reconheço isso. Disse que nunca esteve com uma mulher que desse tanto prazer a ele como dou. Eu já fui loucamente apaixonada por ele. Hoje, sou pés no chão, apesar de reconhecer a importância que ele tem em minha vida. Mas com o assédio de outros homens, percebo também que há outras caras que poderiam estar comigo e, então, voltei a ser eu mesma o centro do meu universo. Em que momento meu namorado pode perceber que apesar de amá-lo (alias, quase não verbalizo isso, mas mostro em gestos, cuidados, carinhos e na cama), eu sou uma mulher independente que vive muito bem sem ele? De que forma, percebendo isso, isso pode afeta-lo? Obrigada.

Se vocês criaram laços de confiança e ele é um homem seguro, sem ciúmes obsessivos e acredita em você; não há como afetá-lo; hoje o homem tem que aprender a dar valor à independência da mulher, respeitá-la e ter consciência que ela não precisa tanto do homem provedor, o que ela quer; é um afago, um abraço e muitos beijos... rs